Ouçam o novo EP dos BOX 2 BOX

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Não existo em lado nenhum.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=4054031569530&set=pb.1844295718.-2207520000.1368478384.&type=3&src=https%3A%2F%2Ffbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net%2Fhphotos-ak-ash3%2F525304_4054031569530_1504070873_n.jpg&size=700%2C700



Não existo em lado nenhum
Passam os dias por mim
E eu deles testemunha
Apenas mais um
Que vive assim
Na multidão que se acumula
E já não sonha
Porque sem história
Tendo somente memória
Que um dia cá chegou
E agora apenas esgota
Aquilo que lhe sobrou.

Nem tristeza sinto
Porque apenas sigo
Nem para mim minto
Não se mente ao vazio
Algures de dentro
Chega no entanto
Pálido eco
Imagem oca
Que foi de alguém.
Algo se revolta!
Perante a lembrança
Porque pior que não existir
Na árida razão do estar
Sem esperança...
É não existir em ninguém.

© Manuel Tavares 13/05/2013

Sem comentários:

Enviar um comentário