Ouçam o novo EP dos BOX 2 BOX

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Galeão de papel.



Pensas estar
Sempre tão além
Que cruzas todo mar
Como se mais ninguém
Soubesse
Que é redondo
Este astro celeste
A que chamas mundo.

Dás a volta
Voltando ao porto
Onde armaste a vela
Sem saberes quanto tempo
Perdido
andaste ao relento
tremendo, à chuva, ao frio
Em tempestade brusca no estio
Num copo
Onde meio louco
Navega orgulho papel
Galeão de palavras a granel.

© Manuel Tavares 12/11/2012

Sem comentários:

Enviar um comentário