Ouçam o novo EP dos BOX 2 BOX

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Ruas de Outono




Ruas de Outono
Festim de Folhas
Revoltas, soltas
Alegre abandono
Em chão
Negro pastel
Tapete papel
Onde mão
Desenha a vento
Clareiras
Traços gordos
Sem acerto
Já passeios
Pedras a branco
E preto
Linhas fugindo
Quebradas apenas
Por passos sapatos
Ágeis pernas
Navegam
Manhãs frias
Tuas, minhas
Desaguam
Num qualquer norte
Fio sem prumo
Diversa sorte
Que mesmo assim
Encontram rumo
Encontram fim.

© Manuel Tavares 31/10/2012

Sem comentários:

Enviar um comentário